Casa do Apostador Carregando...
Apostar em favoritos: diferença entre eventos grandes e pequenos
sex 04 fev/22

Apostar em favoritos: diferença entre eventos grandes e pequenos


O que aconteceria se eu colocasse 1 unidade em todos os favoritos? E se eu fizesse o contrário: 1 unidade em todas as zebras? Esse é um questionamento que todo apostador de MMA já fez no início da caminhada neste mundo. E como trabalho na área de dados, nada melhor do que os números para responder essa pergunta.

Para começar, é importante separar os eventos “numerados”, que são os eventos transmitidos apenas por pay-per-view nos Estados Unidos. São eventos muito maiores, geralmente com disputas de cinturão e com muito mais espectadores. E o que isso tem a ver com apostas? Simples, maior visibilidade traz odds mais justas. Seria como comparar a eficácia das bookies em abrir linhas na Série B do brasileiro com a Premier League. Então a primeira coisa que fiz foi separar os dois tipos de eventos.

Em eventos numerados, fiz uma simulação apostando 1 unidade em cada favorito, utilizando as odds de fecho que temos no fightodds.io (sempre observando as odds da Pinnacle). Nos eventos menores, 1 unidade em cada lutador considerado zebra.

Saldo Total ao Longo do Tempo

Apostando 1 unidade em todas as zebras dos cards “Fight Night” teríamos um leve prejuízo devido a alguns poucos eventos em que os favoritos ganharam praticamente todas as lutas. Se fizéssemos essas apostas em todos os favoritos teríamos um prejuízo maior, pois se tivemos -1,41 unidades nas zebras, ainda estamos dentro do juice que as casas de apostas colocam nas odds. Agora vamos ao gráfico de favoritos em eventos numerados:

Favoritos em grandes eventos

Alguns eventos com zebras, mas no geral um ótimo saldo. Foram 11,47 unidades de lucro. 

Vamos analisar o inverso agora? Apostar em favoritos nos eventos menores e nos underdogs nos numerados:

Nada menos do que -22,82 unidades apostando 1u em cada favorito dos eventos de menor expressão em 2021! Vamos ver agora como seria apostar em todas as zebras nos eventos de grande porte:

Apostando em Underdogs em Eventos Pay Per View

Piorou! Teríamos -37,83 unidades no ano!

Minha teoria sobre o que está acontecendo aqui é que os eventos maiores tendem a ter lutadores mais renomados, com mais lutas na carreira, enquanto os menores têm mais incógnitas, tornando mais difícil para as bookies precificar as lutas com precisão, levando a mais azarões a vencer. Um dos motivos de termos prejuízo apostando nos azarões nos cards menores foram os eventos principais, pois até em cards pequenos as lutas principais possuem lutadores mais renomados.

Observando meu método de precificação, vejo um fenômeno parecido: em eventos menores costumo achar muito mais valor, fazendo um volume muito maior de apostas do que em eventos numerados. No UFC Fight Night: Kattar vs. Chikadze fiz 14 apostas. No próximo UFC, o UFC 270, tenho até o momento apenas 8. É mais uma prova de que as odds estão mais ajustadas.

Isso fica claro em lutas que ambos os lutadores estão fazendo sua estreia no UFC, caso em que é muito difícil precificar devido à diferença de nível do Ultimate em relação a outros eventos. Em 2021, foram 31 vitórias e 57 derrotas de lutadores estreantes. Como isso quase nunca acontece em eventos maiores, as bookies são mais propensas a colocar odds desreguladas nesses casos.

Além disso, a liquidez é muito maior em eventos grandes. Os limites tendem a ser mais altos, e os apostadores que estão comprando o pay-per view de uma luta de Connor McGregor podem estar mais inclinados a apostar em seu card preliminar do que na luta abertura de um evento encabeçado por Ketlen Vieira e Miesha Tate.

Desde que analisamos as odds de fechamento, estamos vendo o resultado de mais dinheiro entrando e baixando as odds, o que deve tornar o mercado mais eficiente e levar a mais favoritos vencedores.

Então, como podemos usar isso?

Eu não recomendo apenas apostar cegamente em cada luta com base na estratégia descrita aqui. O tamanho da amostra aqui ainda é relativamente pequeno, e essa estratégia traz muito risco com retorno limitado. 

Atenção, é uma dica para quem está desenvolvendo um método e não sabe por onde começar! Se você já tem um método de precificação consistente, mantenha! 

Podemos considerar alterar o tempo de aposta com base no tipo de aposta que estamos fazendo. Os underdogs provavelmente perdem um pouco de seu valor ao longo do tempo. Um exemplo é Dan Ige, no UFC 269, quando enfrentou Josh Emmett. Consegui apostar nele em odds de 2.80. Sua odd de fecho foi de 2.07, um valor de 73 ticks! Ele perdeu em uma luta muito disputada, mas o valor estava lá a 2.80. É muito mais fácil vencer as linhas de abertura do que as linhas de fechamento, por isso o trabalho do apostador é tão difícil. A precificação tem que estar em dia. 

Curiosidades finais sobre os eventos de 2021:

  • Evento mais lucrativo para zebras: UFC Fight Night: Sandhagen vs. Dillashaw – 24/07/21
  • Evento com mais prejuízo apostando em zebras: UFC Fight Night: Smith vs. Spann – 18/09/2021
  • Evento mais lucrativo para favoritos: UFC 264 – 10/07/2021
  • Evento com mais prejuízo apostando em favoritos: UFC 263 – 12/06/2021

EXTRA: Se podemos encontrar vários desajustes nas zebras nos eventos menores do UFC, imagine em franquias menores como o Bellator, PFL, entre outros? Olho nisso!

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

News.
vip

Inscreva-se gratuitamente e receba conteúdo profissional e esclusivo por e-mail!