Casa do Apostador Carregando...
O Que é Tesouro Direto e Como Funciona?
qua 18 set/19

O Que é Tesouro Direto e Como Funciona?


Na matéria de hoje eu vou esclarecer para você sobre o Tesouro Direto de uma maneira básica. Como todas as técnicas e assuntos que eu trago nas minhas redes, eu tento abrir a sua mente para algo novo, mas cabe a você se aprofundar e se especializar nisso.  Com a minha explicação básica, você já terá o conhecimento para iniciar suas atividades nessa área e buscar mais informações antes de começar a investir.

O que é Tesouro Direto? 

Basicamente, você vai emprestar um determinado valor para o governo. Esse valor é determinado por você. Portanto, esse dinheiro que você empresta para o governo pode ser aplicado em diferentes áreas, como educação, saúde e outras áreas que precisam de investimento.  

Após isso, é definida uma data para devolver esse dinheiro pra você. Mas como você sabe, existem juros em todas as transações financeiras. Portanto, se você emprestou R$1000, você vai receber de volta um valor acima disso.  

É claro que  esse procedimento  não acontece  de uma maneira tão simples e você precisa saber de mais algumas informações  antes  de tomar essa decisão.  Dentre essas informações, estão os títulos. Existem alguns diferentes tipos de títulos dentro do Tesouro Direto e eu vou explicar alguns pra você.  

Tesouro Direto IPCA 

Esse título tem por padrão te pagar o valor pré-fixado, por exemplo, o governo vai te pagar um juro de 3% ao ano mais o valor do IPCA.  Caso você não saiba, o IPCA é um indicador que tem a tendência de corrigir o seu dinheiro de acordo com a inflação dentro daquele período.  

Ou seja, se você compra um título 2035, isso significa que você vai poder pegar esse dinheiro de volta apenas em 2035. Portanto, até 2035 você terá os 3% de juros ao ano mais a correção determinada pelo IPCA, que pode ser calculada mês a mês ou ano a ano. Resumidamente, se você aplica uma quantia de R$ 300 em um período de 15 anos, no final desse período o governo vai calcular o valor do juro pré-definido juntamente com essa correção do IPCA. Esse é o título geralmente escolhido para aposentadoria ou para pessoas que querem investir a longo prazo.  

Calculadora Tesouro Direto 

Mas como eu faço pra saber quanto dinheiro eu vou receber de volta no final do processo? Existe a calculadora do Tesouro Direto que você pode encontrar facilmente na internet. Quando você informa o valor de investimento mensal, a calculadora mostra o valor médio que você receberá. É claro que esse valor pode ter uma variação, mas ajuda bastante a ter uma visão mais clara.  

Para entender melhor como essa calculadora funciona, é necessário entender sobre os juros compostos. Ou seja, juros em cima de juros. A cada mês o seu valor aumenta e consequentemente o valor do juro também cresce. 

Tesouro Direto Selic 

Esse tipo de Tesouro Direto já é mais indicado para quem não tem uma visão a longo prazo e precisa de um retorno mais rápido. Nesse formato, você pode sacar o dinheiro investido a qualquer momento. Mas não é tão simples assim. Existem duas coisas dentro do investimento do Tesouro Direto que você precisa conhecer: o IR e o IOF.  Quanto maior o tempo de aplicação desse seu dinheiro, menor vai ser o seu IOF. Por exemplo, você colocou hoje R$20 mil no Tesouro Direto, mas aconteceu um imprevisto e você precisa sacar esse dinheiro na semana que vem. É possível sim fazer esse saque, mas você vai sacar menos que R$20 mil, pois você terá o desconto do IOF.  

Portanto o dinheiro que você colocou na aplicação precisa ficar pelo menos um período determinado antes de você fazer o saque. Caso contrário, o governo fica no prejuízo.  

Dentro do tesouro IPCA existem outros pontos que eu vou explicar pra você. O primeiro deles é a questão de você só sacar o dinheiro no final do prazo combinado, por exemplo 2035. Mas você também pode acumular juros semestrais. Ou seja, a cada 6 meses você pode sacar o dinheiro.  

Porém, o saque semestral não é vantajoso para quem faz o Tesouro Direto para se aposentar, pois dessa forma você perde o benefício do juro composto.  

Passo a passo de como investir no Tesouro Direto 

Procure uma corretora 

Não é apenas entrar no site e criar uma conta. Existem algumas corretoras que podem trabalhar com o Tesouro Direto e você pode escolher uma delas. Após escolher a corretora da sua confiança, você faz o cadastro e deposita o dinheiro. Portanto, a transação acontece entre você, a corretora e o Tesouro Direto. 

É parecido com a Mollybet, onde você transfere o dinheiro para a minha equipe e ela passa o dinheiro para a Mollybet 

Existem várias corretoras para você começar a investir no Tesouro Direto e eu trouxe duas para te mostrar. Eu tenho conta nessas duas e também bastante confiança nelas. A primeira é a Easynvest e a outra é a XP Investimentos, as duas possuem suportes muito bons e eu gosto bastante de trabalhar com elas. Além disso, essas corretoras não cobram taxa nenhuma para trabalhar com Tesouro Direto.  

Depois disso, você vai depositar o dinheiro e a corretora mesmo te ajuda com os investimentos, de acordo com o seu perfil.  

Fundo Garantidor 

Caso você tenha medo de perder o dinheiro investido, você precisa conhecer o Fundo Garantidor. Ele existe em todas as corretoras. Portanto, caso a corretora quebre, o governo garante seu dinheiro de volta dentro da quantia de até R$250 mil.  

Espero que a dica de hoje tenha te ajudado, mas eu te informo que isso não o suficiente para você tomar a decisão de investir no Tesouro Direto agora. Por isso, continue pesquisando e estudando para ter certeza de onde aplicar o seu dinheiro. 

Inscreva-se na minha lista VIP para receber conteúdos de apostas profissionais exclusivos.

Além disso, me acompanhe também no Instagram.

Ficou alguma dúvida? Então, deixe nos comentários e quem  sabe a próxima matéria pode ser um tema sugerido por você.

Deixe seu comentário

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

News.
vip

Inscreva-se gratuitamente e receba conteúdo profissional e esclusivo por e-mail!