Casa do Apostador Carregando...
Steve Kerr: A história do técnico e jogador que revolucionou a liga e está perto conquistar mais um título da NBA
qua 15 jun/22

Steve Kerr: A história do técnico e jogador que revolucionou a liga e está perto conquistar mais um título da NBA


Família e Infância

Stephen Douglas Kerr, nome completo e de nascença de Steve Kerr, apesar de hoje ser considerado um cidadão americano, nasceu no Líbano, na cidade de Beirute, em 1965. A maior parte da sua infância foi vivida em diferentes países do Oriente Médio, local em que seus pais eram professores em faculdades da região. Em uma viagem que fez para os Estados Unidos, ainda jovem, Kerr se apaixonou pelo basquete após assistir um jogo universitário em Los Angeles. Steve passou a levar o esporte a sério quando tinha 14 anos, época em que vivia no Egito. Kerr se mudou para os Estados Unidos quando tinha 16 anos, e foi lá que passou a desenvolver seu basquete e começar a levar o esporte a sério. Durante esse período, sua família voltou para o Líbano, pois o pai de Steve, Malcolm Hooper Kerr, foi convidado a ser presidente da universidade americana de Beirute, cargo que foi prontamente aceito. Na época, o Líbano vivia uma violenta guerra civil, e Malcolm foi um dos grandes responsáveis por abrigar refugiados e vítimas da guerra. Em 1984, Malcolm Kerr foi alvo de um atentado terrorista, que culminou no assassinato do pai de Steve. 

Início da carreira profissional

O falecimento do pai de Kerr serviu como combustível para que o jovem desenvolvesse ainda mais o seu jogo. Steve passou a treinar muito e se dedicar ao esporte em nível universitário. Kerr era um destaque pelas suas bolas de três extremamente precisas e bons passes, mas com uma defesa que deixava a desejar. Em 1986, Kerr foi campeão do Mundial de Basquete pela seleção dos EUA, mas a disputa do campeonato resultou em uma grave lesão no joelho, que o tirou da quadra por um período bastante longo. O período de recuperação foi utilizado para dar continuidade a sua formação acadêmica, com especialização em História e Sociologia. Após se formar, Kerr decidiu que deveria testar o Draft, e é aí que se inicia sua jornada como atleta da NBA. 

Começo na NBA

O começo não foi fácil para Kerr. Steve foi draftado pelos Phoenix Suns, mas teve pouquíssimas oportunidades e foi rapidamente trocado para o Cleveland Cavaliers, onde passou a desenvolver muito mais o seu jogo, principalmente vindo do banco. Após a passagem pelos Cavs, teve um breve período em que representou o Orlando Magic, mas logo em seguida já foi trocado novamente para o Chicago Bulls, que é onde conseguiu o seu maior protagonismo e conquistas. Os Bulls vinham de 3 títulos seguidos comandados principalmente por Michael Jordan e Scottie Pippen, mas o anúncio da aposentadoria de Jordan pegou todos de surpresa. O Grande astro tentaria a sorte no Beisebol, esporte que praticava quando jovem. 

A ausência de Jordan não foi exatamente algo ruim para Kerr, que teve mais minutos do que nunca em sua carreira, com médias de 24 minutos por jogo. Os Bulls chegaram a disputar os playoffs, mas não obtiveram o êxito necessário para ir atrás de outro título. Com a volta de Jordan para os Bulls, Kerr voltou a ser um jogador mais coadjuvante e com menos minutos, mas viveu os melhores momentos de sua carreira como jogador nessa época. Os Bulls conquistaram três títulos consecutivos e, em 1997, Kerr foi o responsável pela bola do título, com assistência de Jordan. O que mais marcou o lance não foi nem o arremesso em questão, mas as falas de Kerr após o jogo insinuando que Jordan havia pedido para que Steve fizesse o arremesso final: 

“Muita gente tem me perguntado sobre o arremesso, então quero esclarecer: quando pedimos tempo a 25 segundos do fim, ali na conversa, Phil pediu ao Michael: ‘quero que você arremesse’. E Michael respondeu: ‘sabe, não me sinto muito confortável em situações como esta, talvez devemos ir para outra jogada. Por que não um arremesso de Steve?’. Então pensei comigo ‘bom, acho que vou ter que salvar a pele do Michael de novo’. A bola entrou, esta é a minha versão, e vou mantê-la.”

Em 1998, os Bulls se desmontaram e entraram em um processo de rebuild. Jordan se aposentou e a maioria dos jogadores de Chicago se despediram da franquia. Kerr se tornou agente livre e assinou com o San Antonio Spurs para a próxima temporada. 

Os Spurs e um novo mentor

Após passar anos sendo treinado pelo técnico que é considerado por muitos o melhor de toda a história da NBA, Kerr agora seria treinado pelo técnico que nessa temporada bateu o recorde de vitórias de um único técnico na história da NBA, Gregg Popovich. A primeira temporada do jogador nos Spurs foi um sucesso. Kerr conquistou seu quarto título consecutivo da NBA e também ajudou Popovich a conquistar o seu primeiro Anel. 

Kerr permaneceu nos Spurs até 2001, quando foi para o Portland Trail Blazers. Com pouco destaque nos Blazers, Kerr voltou para os Spurs em 2002, o que seria a sua última temporada da carreira aos 37 anos. O final foi o melhor possível para uma carreira vitoriosa na liga. Os Spurs venceram novamente o campeonato e Kerr conquistou seu quinto título como jogador. Além do título, Kerr entrou pra história com um jogo impecável nas finais de conferência contra o Dallas Mavericks, quando anotou todas as 4 bolas de três que tentou na partida e confirmou a classificação para mais uma final. 

Mesmo sendo um reserva durante toda a sua carreira, Kerr mostrou que os coadjuvantes de um elenco são extremamente importantes para a disputa dos campeonatos. Além disso, Kerr ostenta uma marca impressionante, pois finalizou a carreira com uma porcentagem absurda de arremessos de 3 convertidos, com 45,4% de acertos somando todos os jogos da carreira.

Continuação do Legado

Alguns anos após se aposentar da NBA, Kerr voltou a atuar no ramo do basquete. Steve foi comentarista de canais de TV, mas não ficou muito tempo no cargo, pois recebeu um convite do Phoenix Suns para trabalhar como diretor geral da franquia. Kerr ficou por 3 anos no cargo de diretor. Após deixar os Suns, Kerr passou a estudar o jogo, e em 2014, foi escolhido pelo Golden State Warriors como o treinador da franquia. Foi nesse momento que os Warriors passaram a revolucionar o jogo. Kerr foi o responsável por difundir um estilo de basquete nunca antes visto, com um jogo focado quase que inteiramente nas bolas de 3 de jogadores de muito talento, como Stephen Curry e Klay Thompson. Em sua primeira temporada como treinador, Kerr conseguiu 63 vitórias (um recorde) e seus atletas atingiram uma média de acerto de 47,8% nas bolas de 3, o que foi suficiente para garantir a franquia a melhor campanha, melhor ataque e melhor jogo coletivo da liga em 2014/15. A primeira temporada foi coroada com um surpreendente título sobre o Cleveland Cavaliers de LeBron James. 

Kerr manteve o sucesso na temporada seguinte, com o histórico recorde da temporada regular com 73 vitórias e apenas 9 derrotas em 82 jogos. As finais foram perdidas para o Cleveland, mesmo após abrir 3-1 nos primeiros 4 jogos. As duas temporadas seguintes foram coroadas com títulos e em 2018/19, com diversos problemas de lesões e desgaste dos jogadores, perdeu as finais para o Toronto Raptors de Kawhi Leonard. Agora, em 2022, os Warriors estão a uma vitória de conquistar o seu quarto título em 8 anos, o que garantiria a Steve Kerr seu 9° título de NBA somando suas carreiras de jogador e técnico. 

Steve Kerr é, mesmo sendo um coadjuvante como jogador, é uma das figuras mais importantes das últimas décadas da NBA. Conquistou diversos títulos, revolucionou a liga e ainda tem uma história de muita luta e superação, além de ser um cidadão muito ligado nas questões sociais, principalmente referentes aos Estados Unidos e ao Oriente Médio, local em que cresceu e foi criado. Kerr é um exemplo a ser seguido e ainda deve conquistar muito na NBA, principalmente se vencer o Boston Celtics e sacramentar mais um título em uma temporada que era considerada de reconstrução do elenco.

Escrito por Miguel Tureck/NBA

Deixe seu comentário

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

News.
vip

Inscreva-se gratuitamente e receba conteúdo profissional e esclusivo por e-mail!