Casa do Apostador Carregando...
Como ser lucrativo em Grupo de Picks
sex 11 mar/22

Como ser lucrativo em Grupo de Picks


Muitas pessoas começam nas apostas esportivas sem entender muito bem como as coisas funcionam. Uma das maneiras de ser apresentado a esse novo mundo cheio de possibilidades é por meio dos serviços de picks, ou grupos de picks, como são popularmente mais conhecidos. Quando esses serviços são bons e trazem lucratividade para quem participa deles como cliente, naturalmente a chamada “propaganda orgânica” começa a ser feita, atraindo assim novas pessoas para a comunidade.

É claro que a “propaganda orgânica”, que é aquela feita boca a boca por indicações dos próprios clientes para amigos e familiares, não é a única forma de propaganda dos famosos grupos de picks. Existem inúmeras formas de ser apresentado aos tais grupos e isso naturalmente desperta interesse em muitas pessoas, sejam elas do ramo das apostas esportivas ou não.

Pensando nisso, preparamos um artigo que vai te explicar o que é um grupo de picks e também como devemos fazer para entender as diferenças entre eles, além de te ensinar como um serviço desse tipo deve ser vendido a fim de ser algo confiável e seguro para que os clientes tentem se precaver de golpes, algo que infelizmente é muito comum nessa área.

O artigo também tem a missão de te ensinar o passo a passo do que deve ser feito, como cliente, para fazer com que o investimento seja válido e você consiga seguir um serviço de picks da maneira correta. É sempre bom destacar que a maior responsabilidade por um serviço de picks ser lucrativo é do tipster, mas essa responsabilidade não é apenas dele. O cliente também precisa fazer a sua parte para que o investimento seja recompensado.

O que é um Grupo de Picks?

Um grupo de picks nada mais é do que um canal de comunicação direta do tipster (quem fornece o serviço e envia as apostas) com o cliente (que vai receber essas indicações e realizá-las manualmente em sua própria conta em uma casa de apostas). Esse serviço é muito popular dentro das apostas esportivas e se trata de uma das diversas formas de se ganhar dinheiro nesse meio.

O grupo de picks é denominado assim porque ele normalmente é formado por várias pessoas. Essas pessoas, que são os clientes, compram ou ganham acesso a um determinado chat de conversas, seja ele no Whatsapp ou no Telegram. Também existem alguns grupos de picks que trabalham com aplicativos próprios e envios de recomendações de apostas por email, além de outras formas alternativas, mas eles são cada vez mais raros.

O intuito de um grupo de picks existir é fornecer ao cliente a possibilidade de apenas seguir as recomendações indicadas pelo serviço sem se preocupar com mais nada além disso. Ou seja, cabe aos fornecedores do serviço, no caso, os tipsters donos do grupo, todo o trabalho de analisar, precificar e escolher as melhores apostas do dia e enviá-las aos clientes para que eles tenham apenas o trabalho de repetir a mesma entrada em suas contas.

Como dissemos, esse tipo de serviço é muito comum dentro das apostas esportivas e bastante popular por ser uma forma de facilitar a vida daquelas pessoas que muitas vezes não têm tempo para fazer as suas próprias análises ou que não conseguem ser lucrativas sozinhas. No entanto, engana-se quem pensa que só pessoas com esse tipo de perfil utilizam os grupos de picks, pois eles são também uma forma de investimento, independente do nível de conhecimento do cliente.

Uma das principais dúvidas que todo mundo tem quando conhece os serviços de picks pela primeira vez é em relação aos motivos que levam um tipster a criar um grupo desses. “Se ele ganha dinheiro, por que vender um grupo?”. Essa é uma pergunta clássica do meio das apostas esportivas e que tem uma resposta bem óbvia e simples: todo mundo quer ganhar mais dinheiro.

Um tipster lucrativo não necessariamente precisa ter um grupo de picks pago para ganhar dinheiro com as apostas. Porém, muitos deles optam por ganhar em duas frentes. Ou seja, eles ganham dinheiro com as apostas e também com a mensalidade paga pelos clientes para ter acesso às recomendações. É uma relação de trabalho como qualquer outra e o tipster acaba recebendo bem mais pelo trabalho dele tendo um grupo de picks pago do que não o tendo. Também alertamos que, normalmente, o perfil de quem segue um grupo de picks é daquelas pessoas que muitas vezes trabalham o dia inteiro e não tem tempo de analisar os jogos e fazer as suas próprias entradas, além de pessoas que não conseguem lucrar sozinhas. Contudo, os grupos de picks também são investimentos. Ou seja, se você já é lucrativo e quer ganhar ainda mais, os grupos de picks podem te ajudar nessa missão.

Analise o histórico de resultados dos últimos meses

Bom, agora que já explicamos o que é um grupo de picks, vamos começar a dar alguns detalhes relevantes para um cliente que tem interesse em adquirir um grupo como esse e se tornar lucrativo seguindo ele.Como alertamos, a maior responsabilidade de um serviço de picks é de quem fornece as dicas, mas os clientes também precisam fazer a sua parte, caso contrário não conseguirão obter lucros a longo prazo. Nos grupos de picks, o trabalho é conjunto entre tipster e cliente.

O primeiro passo para quem está pensando em adquirir um serviço de picks, como cliente, está em observar os números do serviço nos últimos meses e, talvez, anos. Todos os tipsters confiáveis e que trabalham de forma correta tem uma planilha registrada com os seus resultados. É importante consultar essa planilha e solicitar acesso aos dados antes de adquirir um serviço de picks.

Contudo, apenas ter acesso a planilha não é o suficiente para tomar a decisão de contratar um serviço. É preciso entender se essa planilha é realmente confiável e está com os resultados corretos. Uma das formas de fazer isso é consultar os clientes do serviço para saber se eles realmente confirmam os números disponibilizados pelo tipster. Se a planilha do tipster estiver em sites como o Blogabet, por exemplo, acaba sendo mais fácil de conferir os dados repassados, visto que se trata de uma plataforma profissional para registros desse tipo.

Apenas com esses dados em mãos e analisando os resultados do serviço é que os clientes podem tomar uma decisão quando a contratar ou não o produto. Se o tipster não tiver resultados bons e lucrativos no longo prazo, não vale a pena adquirir o grupo de picks. E se o tipster em questão não tiver planilha ou optar por não fornecer acesso aos seus dados, desconfie.

Procure saber em quais mercados e casas de apostas o tipster trabalha

Antes de assinar qualquer tipo de serviço de picks, cabe ao cliente buscar informações a respeito de como ele funciona. Essas informações são importantes para que o assinante entenda, primeiro, em quais mercados e casas de apostas o tipster trabalha para entender se será possível ou não segui-lo. Esse processo é realmente muito necessário, visto que existem diversos tipos de grupos de picks e entender onde você deve realizar as apostas indicadas é algo primordial para obter sucesso.

Há grupos de picks especializados em diversos tipos de esportes, como futebol, beisebol, vôlei, basquete, eSports e tantos outros. Além dessa diferenciação entre os grupos, também há aqueles que trabalham exclusivamente com recomendações de entrada em apenas uma casa de apostas, outros fazem indicações em diversas casas e também existem grupos que atuam de forma especializada em casas asiáticas.

Essas diferenciações são diversas e o cliente que deseja adquirir um grupo de picks pensando em ser lucrativo precisa entender quais são as especificações do grupo que ele pretende assinar. Isso é importante para que seja possível identificar se as recomendações do serviço vão conseguir ser seguidas, se o cliente possui uma conta regularizada na casa de apostas mais utilizada pelo tipster, dentre outras coisas.

Busque entender qual é o ritmo de trabalho do tipster no grupo

Conhecendo os mercados e as casas de apostas que são utilizadas pelo serviço, outro passo importante para um cliente que deseja adquirir um grupo de picks é buscar informações sobre como funciona o grupo. É importante ter acesso a essas informações, visto que seguir as dicas de apostas recomendadas por um serviço de picks não é necessariamente uma tarefa fácil.

Para seguir um grupo, o cliente precisa dedicar uma quantidade de tempo do seu dia a dia para isso. Portanto, se um tipster oferece um serviço sem organização ou que as apostas são enviadas a qualquer momento, acaba sendo um pouco mais difícil para os clientes acompanharem o seu ritmo de trabalho.

É fundamental ter tempo disponível para acompanhar um tipster. Há diversos grupos que trabalham com horários de envios pré-definidos, algo que facilita bastante para o assinante. É preciso entender qual é o ritmo do grupo de picks para compreender se será possível segui-lo de forma correta.

Para facilitar a compreensão da importância de procurar saber em quais horários são enviadas as apostas, vou utilizar um exemplo. Se você, como cliente, assina um serviço de apostas que trabalha com bets ao vivo, você vai precisar estar atento ao telefone celular no horário dos jogos. Se for um grupo de futebol, por exemplo, que envia apostas na Europa, os seus finais de semana estão severamente comprometidos, pois há jogos durante praticamente todos os dias de manhã e à tarde.

Caso seja assinante de um grupo que trabalha no futebol brasileiro, as noites de quarta-feira e de outros dias no meio de semana também vão precisar ser sacrificadas em relação a despreocupação, assim como a parte da tarde e também da noite nos finais de semana. Se um grupo de picks atua em live nesses campeonatos citados, o cliente vai precisar estar perto do seu telefone o tempo inteiro para conseguir acompanhar o trabalho.

No entanto, como alertamos, nem todos os grupos de apostas atuam com apostas em live. Há grupos que atuam enviando apenas apostas pré-live, o que acaba facilitando bastante a vida dos clientes. Nesse ritmo de atuação, os assinantes precisam apenas estar atentos nos horários pré-definidos pelo tipster e dedicar alguns minutos para realizar as apostas em sua banca, ficando assim livres de acompanhar o jogo ao vivo ou ter que ficar na expectativa de uma aposta.

Por isso é importante estar atento e buscar informações a respeito de como funciona o grupo de picks que você está querendo atuar. Você vai conseguir acompanhar as apostas? Está disposto a abdicar do seu sossego em troca de conseguir acompanhar o serviço? Qual é o tipo de perfil de grupo de picks que mais atende às suas necessidades? É necessário pensar e responder todas essas perguntas antes de assinar um serviço de picks.

Estude sobre como funciona o mercado das apostas esportivas

Mais uma dica fundamental para entender como funciona um grupo de picks e lucrar nele é entender sobre apostas esportivas. Não diria que é impossível lucrar nas apostas esportivas, seguindo um grupo de picks, sem entender do mercado. É possível, mas vai ser muito mais difícil. E, convenhamos, tudo que não queremos ao assinar um serviço de investimento é ter dificuldades para segui-lo.

A importância de entender sobre como funciona o mercado das apostas esportivas é grande porque o cliente vai ter que replicar as indicações de aposta indicadas pelo tipster. Portanto, não adianta assinar um serviço, receber uma recomendação de bet e não conseguir decifrá-la, não é mesmo? O cliente que deseja lucrar em um serviço de picks precisa ter noção daquilo que está executando dentro da casa de apostas.

Então todos os clientes precisam ser experts em apostas esportivas? Não, não precisam, mas é necessário adquirir um domínio básico de como as coisas funcionam. Os clientes de um serviço de picks precisam criar uma conta na casa de apostas recomendada pelo serviço e vão precisar, também, saber como operar dentro dessa casa, realizando as apostas e fazendo a busca pelos jogos.

São parte desses conhecimentos básicos para conseguir seguir um grupo de picks entender quais são os mercados recomendados pelo serviço, obter informações sobre como eles funcionam e também sobre como diferenciar as linhas indicadas em cada recomendação. Sem saber o que significam os mercados indicados ou sem saber como encontrar a partida dentro da casa de apostas, fica realmente bem mais difícil acompanhar um serviço de picks e lucrar com ele.

Portanto, mais um passo básico de quem pretende adquirir um serviço de picks é estudar o mercado das apostas esportivas. Há diversas informações educativas na internet a respeito de como compreender aspectos básicos do mercado e, inclusive, tudo que você precisa saber sobre como funciona o mercado das apostas esportivas pode ser encontrado aqui mesmo na Casa do Apostador. Utilize a nossa barra de pesquisa e procure por nossos artigos especializados para ficar por dentro de tudo que você precisa saber sobre o mercado das apostas esportivas.

Recomendações e indicações de outras pessoas são importantes

Outro ponto importante para conseguir adquirir um bom serviço de picks e lucrar nele é a recomendação de quem já utiliza ou utilizou os serviços oferecidos. Não é difícil encontrar avaliações sobre serviços de picks na internet. O cliente que deseja acompanhar a qualidade do serviço de um tipster pode procurar por recomendações de outros apostadores na rede ou até mesmo abordar algum cliente antigo ou atual do grupo de picks para pedir recomendações.

É claro que, em caso de recomendações, o cliente deve buscar por indicações de pessoas confiáveis e que realmente tiveram a oportunidade de ser cliente do serviço pretendido. Há muitos golpistas na internet que estão dispostos a tudo para ludibriar as pessoas, desde forjar planilhas ou até mesmo criar recomendações e opiniões positivas falsificadas para um grupo de picks. Priorize informações de fontes e pessoas com credibilidade.

Cuidado com os golpistas

Por falar nos golpistas, esse ponto do nosso artigo é muito importante. Escolher um grupo de picks para seguir não é uma missão simples, pois exige realmente um comprometimento investigativo do cliente para entender se vale a pena ou não adquirir aquele determinado produto. E justamente enquanto realiza esse processo de curadoria, digamos assim, que os golpistas tentam mentir para você.

As apostas esportivas são um investimento de alto risco. Ou seja, antes de qualquer coisa, você precisa entender que não vale a pena investir um dinheiro que você não pode perder nesse segmento. Assim como qualquer outro tipo de investimento, devemos sempre separar uma parte do nosso patrimônio para investir, sabendo do risco que corremos de simplesmente perder o nosso capital.

É óbvio que todos os apostadores sérios buscam sempre a lucratividade e estão pautados em metodologias eficientes e comprovadamente lucrativas no longo prazo. Contudo, sempre existe o risco de perdas e ninguém está blindado disso. Qualquer outro tipo de discurso, que garanta lucratividade ou fale de ganhos 100% garantidos por meio das apostas esportivas são mentirosos.

Desconfie de anúncios que te passam a sensação de que ganhar dinheiro nas apostas esportivas é algo simples, fácil e que você não precisa de esforço algum para ter um retorno financeiro positivo. A chance de você estar diante de um golpe ou, no mínimo, de alguém que está tentando enrolar você é muito alta. Como dissemos, as apostas são um investimento de alto risco e devem ser tratadas como tal. Opte sempre por grupos de picks e tipsters que são verdadeiros e têm, além de resultados positivos e comprovados por plataformas oficiais ou clientes, um discurso condizente com a realidade dos investimentos esportivos. Fuja de quem te promete lucro, vida fácil, enriquecimento da noite para o dia e coisas desse tipo. Os golpistas, infelizmente, estão muito presentes dentro das apostas esportivas e estão sempre na espreita de olho no seu dinheiro.

Resumo sobre como ser lucrativo em Grupo de Picks

Em resumo, a leitura desse artigo acaba sendo fundamental para quem deseja entender o funcionamento de um grupo de picks e também para a compreensão do passo a passo que devemos seguir para conseguir acompanhar um grupo de picks e ser lucrativo com ele. Durante os tópicos, pudemos conhecer mais sobre o funcionamento desse tipo de serviço e outros pontos fundamentais que um cliente deve levar em consideração no momento de decidir qual tipo de serviço vai querer contratar.

Por exemplo, no artigo conseguimos nos aprofundar sobre os conceitos que fizeram os grupos de picks serem criados, além de apontarmos aos interessados na contratação desse produto quais quesitos ele deve conferir antes de assinar o serviço. Aprendemos que é necessário analisar os resultados, entender em quais mercados e casas de apostas o tipster trabalha, qual é o seu ritmo do serviço, dentre outros pontos.

Por fim, além de todas essas informações, também pudemos aprender que antes de contratar um serviço de picks é interessante que o cliente conhece um pouco sobre como funciona o mercado das apostas esportivas e que busque recomendações de pessoas confiáveis a respeito do serviço de que pretende contratar, principalmente porque é preciso ter muito cuidado com golpistas que estão em grande quantidade no segmento tentando ludibriar as pessoas.

Deixe seu comentário

1 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

News.
vip

Inscreva-se gratuitamente e receba conteúdo profissional e esclusivo por e-mail!