Casa do Apostador Carregando...
CBF anuncia novidade sobre troca de treinadores na Série A
sex 16 abr/21

CBF anuncia novidade sobre troca de treinadores na Série A


Nova regra visa controlar a troca e demissão de treinadores no campeonato 

O Brasileirão da Série A de 2021 terá pela primeira vez em sua história um limite para troca de treinadores dentro da competição.

Portanto, foi decidido que na última quarta-feira (24) após reunião entre CBF e os 20 clubes da Série A deste ano que cada equipe só poderá ter dois técnicos ao longo do torneio.

Simultaneamente, cada um dos treinadores só poderá treinar duas equipes diferentes. Até a edição de 2020, este tipo de restrição não existia.

Como funciona?

Funciona da seguinte maneira. Cada clube só pode demitir seu técnico uma vez e cada treinador só pode pedir demissão uma vez também. O treinador que pedir a segunda demissão, não pode mais treinar na mesma competição. Esta regra vale a pena para a primeira divisão do Campeonato Brasileiro.

Se por ventura uma equipe demitir o treinador pela segunda vez, ela só poderá efetivar no cargo um outro profissional que já seja funcionário do clube. Com pelo menos seis meses de casa, por exemplo algum auxiliar ou treinador das categorias de base.

A proposta foi apresentada as equipes da Série A desta edição pelo presidente da CBF, Rogério Caboclo, que já tentara aprova-la anteriormente, sem sucesso.

Portanto, a votação terminou com 11 votos a favor contra 9 contra a nova limitação. A seguir, veja quais clubes votaram a favor e contra:

Contra a limitação: Athletico-PR, Atlético-GO, Bahia, Ceará, Cuiabá, Grêmio, Flamengo, Fortaleza e Juventude.

A favor: Atlético-MG, América-MG, Bragantino, Chapecoense, Corinthians, Fluminense, Internacional, Palmeiras, São Paulo, Santos e Sport.

A Regra do CBF

Com a regra, a entidade máxima do futebol brasileiro entende estar protegida de possíveis reclamações trabalhistas. Pois avalia que seus treinadores precisam ser tratados da mesma maneira que seus jogadores.

Estes, já têm limite para troca de time durante um mesmo campeonato.

Desse modo, a medida servirá para reduzir a famosa “dança das cadeiras” entre os treinadores no principal campeonato entre clubes do país.

O Brasil é o país que mais demite treinadores de futebol no mundo. Ficando a frente de escolas periféricas como Romênia, Argélia e Albânia. Por exemplo, só na última edição do Campeonato Brasileiro Série A, foram vinte e sete trocas de treinadores entre a quarta e a trigésima sétima rodada, sendo 23 delas por demissão.

Mas a nova medida imposta não significa exatamente que mudará de imediato a mentalidade dos clubes, uma vez que a aprovação partiu de uma votação apertada. 11 equipes a favor contra 9 contra. Você torcedor, está de acordo ou também é contra a nova regra?

 

Quer saber mais sobre como ganhar dinheiro com as apostas? Então, fique ligado para garantir a sua vaga na minha próxima turma do Aposta de Valor.

Inscreva-se na minha lista VIP para receber conteúdos de apostas profissionais exclusivos. 

Como aprender a apostar em futebol de graça?

Se você quer levar a sério esse trabalho como apostador esportivo, eu separei alguns artigos para você começar a estudar sem pagar nada. Aproveite.

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

News.
vip

Inscreva-se gratuitamente e receba conteúdo profissional e esclusivo por e-mail!