Casa do Apostador Carregando...
Twitch restringe divulgação de casas de apostas em sua plataforma
ter 17 ago/21

Twitch restringe divulgação de casas de apostas em sua plataforma


A plataforma de stream Twitch, pertencente ao grupo Amazon, anunciou por meio de um comunicado, divulgado na última semana, que está restringindo a divulgação de links para casas de apostas ou sites que oferecem atividades de jogos de azar em sua plataforma.

Os produtores de conteúdo que utilizam a Twitch não estão proibidos de divulgar casas de apostas ou de realizar transmissões apostando, mas não poderão mais fazer nenhum tipo de divulgação dessas empresas por meio de links a partir do próximo dia 24 de agosto.

A Twitch explicou que a alteração acontece como uma forma de ação diante de algumas irregularidades promovidas por sites suspeitos. No comunicado, a plataforma da Amazon afirma que está restringindo as ações dos produtores de conteúdo “para evitar prejuízo e fraudes criadas por serviços questionáveis de jogatina que patrocinam conteúdo na Twitch” e define que a proibição acontece para a “divulgação de links e códigos de parceiros para sites que ofereçam caça-níquel, roleta e jogos de dados”.

Manifesto

Segundo informações do site Globo Esporte, as mudanças acontecem justamente após alguns nomes de peso do cenário das streams se manifestarem contra a produção e divulgação de conteúdos voltados para apostas na Twitch. Nomes como Zack, “Asmongold”, Felix “xQc” e Imane “Pokimane”, recentemente se manifestaram de forma contrária a esse tipo de conteúdo e podem ter influenciado na decisão da empresa. 

Mais do mesmo

Infelizmente, mesmo sendo hoje uma plataforma gigantesca no cenário das streams, contando com cerca de 15 milhões de usuários ativos por dia, a Twitch não é diferente de diversas outras empresas que estão no mercado e que seguem resistentes aos conteúdos voltados às apostas esportivas.

Como sempre costumo dizer, as políticas proibitivas são sempre uma saída fácil e simplificada para aqueles que não querem solucionar um problema. Antes de proibir, a plataforma sequer se esforçou para tentar entender o mercado gigantesco das apostas esportivas. Não houve um estudo, uma proposta de padronização nas divulgações, uma pretensão de acordo com alinhamento de ações, absolutamente nada. A empresa simplesmente proibiu e pronto, “problema resolvido”.

Certamente esse tipo de política proibitiva é um equívoco imenso do grupo Amazon, que age de forma precipitada e fecha as portas para um mercado muito grande, abrangente e promissor sem antes nem mesmo buscar uma solução para os eventuais problemas que estão surgindo junto aos seus produtores.

Seria possível contornar essa situação de uma outra forma, pois uma empresa desse porte consegue muito bem investir em monitoramento de conteúdo, consegue muito bem estudar esse novo segmento e consegue muito bem oferecer soluções plausíveis para as possíveis irregularidades detectadas. Além disso, essa restrição mostra mais uma vez uma realidade nada positiva para a Twitch, que tem ganhado fama de ser uma empresa egoísta e pouco empática com os seus produtores de conteúdo.

Sérgio Ricardo Jr.

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

News.
vip

Inscreva-se gratuitamente e receba conteúdo profissional e esclusivo por e-mail!