Casa do Apostador Carregando...
Sportradar não detectou atividades de aposta suspeitas durante a Eurocopa
ter 27 jul/21

Sportradar não detectou atividades de aposta suspeitas durante a Eurocopa


A Sportradar Integrity Services, empresa que realiza análise de dados sobre apostas esportivas, relatou que durante a última edição da Eurocopa, disputada entre 11 de junho e 11 de julho deste ano, nenhum jogo ou mercado de apostas teve movimentações suspeitas e que todos os alertas disparados durante a competição foram revistos e avaliados como sendo de razões esportivas lógicas pelo Sistema de Detecção de Fraude de Apostas (BFDS).

De acordo com informações do site Games Magazine Brasil (GMB), a Sportradar é uma parceria da UEFA e do BFDS no combate a manipulação de resultados nas apostas, realizando atividades de análise do comportamento e dos padrões das apostas em competições de futebol nacionais e internacionais da Europa há mais de 10 anos.

Recorde?

Um dos dados identificados e analisados pela Sportradar durante a última edição da Eurocopa mostrou que o volume total de apostas do torneio foi estimado em 62 bilhões de euros, algo que marca um novo recorde para um campeonato europeu. Além disso, de acordo com a GMB, a Sportradar também forneceu informações e apoio à UEFA através do seu Grupo de Avaliação Anti-Match-Fixing (AMFAG), formado por diferentes stakeholders do mundo do esporte e do poder público. Esse grupo teria funcionado durante toda a competição.

Dados

Segundo a Sportradar, em média, cada partida da Eurocopa teve um volume de apostas global estimado de € 1,2 bilhões. A grande final, disputada entre Itália e Inglaterra, teria gerado um valor aproximado de € 4 bilhões em apostas em todo o mundo. A campeã do torneio teve alguns dados interessantes captados pela empresa de análise de dados.

De acordo com o GMB, a seleção italiana começou o campeonato desacreditada pelas casas de apostas, que ofereciam uma odd 12 (8% de chance de vencer) para os italianos serem campeões. Entretanto, durante a competição, os italianos foram considerados favoritos pelas casas de apostas em todos os seus jogos na Eurocopa, exceto na final contra a Inglaterra. Além disso, os atuais campeões tiveram a maior rotação média de apostas por jogo em todo o torneio, com € 1,98 bilhões por partida.

Evolução e utopia? 

Relatórios como esse da Sportradar sobre a Eurocopa nos mostram que estamos em evolução no segmento. Eventos grandiosos, como a Eurocopa, a Copa do Mundo e a Copa América tem um grande poder de atração para os apostadores. Contudo, assim como atrai apostadores corretos, essas competições também despertam interesse em pessoas que se utilizam de práticas ilegais para manipular. Ou falsificar resultados de jogos.

É muito importante sabermos que tivemos um campeonato desse porte passando ileso em relação a detecção de atividades suspeitas. Contudo, o caminho para transformar isso em algo padronizado para todas as competições esportivas ainda é muito longo. Principalmente quando levamos em consideração as desigualdades esportivas que temos pelo mundo.

Acredito que seja até utópico pensar que um dia nós vamos conseguir blindar o mercado das apostas das fraudes e de todos os esquemas ilegais de manipulação de resultados existentes. Entretanto, o que não podemos é deixar de tentar fazer isso se tornar uma realidade, por mais difícil que seja. Durante esse longo e importante processo de evolução, acaba sendo bom sentir que, pelo menos em algumas competições, estamos em um ambiente seguro para investir.

Apostador iniciante? Comece a estudar agora

Inscreva-se na minha lista VIP para receber conteúdos de apostas profissionais exclusivos. 

Sérgio Ricardo Jr

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

News.
vip

Inscreva-se gratuitamente e receba conteúdo profissional e esclusivo por e-mail!