Casa do Apostador Carregando...
Quais as revelações que devemos ficar atentos no UFC – Parte 2
sex 18 jun/21

Quais as revelações que devemos ficar atentos no UFC – Parte 2


Sem mais delongas, irei apresentá-los mais 3 revelações do UFC, um tanto desconhecidos, com bastante futuro na organização

Revelações UFC – Parte 1

Magomed Ankalaev   

Magomed Alibulatovich Ankalaev é um lutador profissional russo de artes marciais mistas no peso meio-pesado (92kg) do Ultimate Fighting Championship . Ankalaev também foi campeão mundial dos meio-pesados ​​no World Fighting Championship Akhmat. 

O atleta russo começou a treinar em luta greco-romana por um ano, enquanto era estudante na Universidade Estadual do Daguestão, onde se formou na faculdade de esportes. Naquela época também competiu no sambo de combate, onde foi homenageado com o título de Mestre do Esporte na disciplina.  

Ankalaev teve a idéia de fazer a transição para o MMA, devido à semelhança entre o MMA e o sambo de combate. Ankalaev então se tornou o campeão russo e mundial no MMA amador.  

Magomed tem 7 lutas no UFC, ele perdeu a sua estréia para Paul Craig (14 do ranking), que esteve atuando no ultimo final de semana, onde levou bônus da noite pela finalização em cima de Jamahal Hill no 1R.  

Embora tenha vindo da luta agarrada, Ankalev se caracteriza pelo striker. É um lutador longo, completo, seja chutando e golpeando com as mãos, assim como seu clinch é excelente. Além de ser um striker muito eficiente, possui um cardio excepcional, pois mantém o ritmo nos 3 rounds. 

Seu cartel possui 15 vitórias e apenas 1 derrota, foram 9 por TKO e 6 por decisão.  

Apesar de não ter um jiu de alto nível, colocá-lo para baixo é tarefa das mais indigestas. Segundo UFC stats sua defesa de quedas é de 85%, um dos mais altos de todo o UFC. 

Atualmente é o 7º no ranking dos Light Heavyweight do UFC. Me arrisco a dizer que Ankalaev é encrenca para todos acima dele no ranking e que pode sim, no futuro, estar postulando uma luta pelo título dos meio pesados.  

Anotem este nome, sempre que for lutar e entrar como underdog, pode jogar nele sem medo, pois com ele é sempre +EV.   

 Miranda Maverick 

 Maverick nasceu em Jefferson City, Missouri , EUA. Ela começou a praticar jiu-jitsu quando tinha 16 anos após o incentivo de seu pai enquanto assistia a luta de Ronda Rousey na TV. Mais tarde, ela se juntou à equipe de luta livre do colégio no último ano e competiu na equipe masculina do time do colégio até descobrir que não iria para a faculdade de luta livre. “Então parei para me concentrar no BJJ”. 

 Fazendo 18 anos logo após se formar no ensino médio, ela decidiu voltar seus olhos para as artes marciais mistas. 

Maverick começou sua carreira em 2015, lutando pelas promoções da Kansas City Fighting Alliance e ShoFight e Blue Corner. Ela acumulou um recorde de 7-1 e venceu os campeonatos Blue Corner e Shofight Flyweight quando tinha 18 anos, sendo listada como a primeira mulher amadora em sua área em Tapologia quando se tornou profissional. 

Miranda é peso mosca, hoje 14 do ranking do UFC. Tem duas lutas no UFC, 1 TKO no 1R e uma decisão contra a grappler Gillian Roberson. 

Maverick é uma atleta completa, forte (bastante densidade muscular), possui um grappling nível A, seja no wrestling seja no jiu jitsu. Tem uma trocação de aproximação muito boa, bate forte. Possui 9 vitórias e 2 derrotas por decisão. Possui 5 vitorias por submissão, 3 decisões e 1 nocaute.  

Preste atenção nesta atleta que também cheira cinturão. Certamente, dentro de pouco tempo estará embolada no top 5 do ranking esperando disputa de título.  

Mais uma ótima dica de aposta. A frente dela apenas a Shevchenko, o resto, como diz o Gerson Canhotinha de Ouro, “ a gente discute”.  

 O’Malley 

Sean Daniel O’Malley é um lutador de MMA americano na divisão peso galo do Ultimate Fighting Championship (UFC). Competidor profissional desde 2013, ele foi destaque no Contender Series de Dana White , vencendo por nocaute.  

O’Malley recebeu o apelido de “Sugar” por um de seus treinadores de MMA em Montana no início de sua carreira pelo seu estilo e maneira como vence as lutas, de maneira fluida, “doce”, dá vontade de assistir sem parar. 

 Lutou pela Legacy Fighting Alliance, onde conseguiu um nocaute sobre David Nuzzo. Após sua vitória sobre Nuzzo, “Sugar” ganhou uma vaga no Contender Series 2 de Dana White quando enfrentou Alfred Khashakyan. Ele venceu Khashakyan com um nocaute impressionante no primeiro round e ganhou um contrato com o UFC. 

O’Malley é um atleta bastante alto para os galos 1.80, sua movimentação e bastante fluída, heterodoxa, não joga plantado, troca de base o tempo todo e possui uma precisão e poder de finalizar suas lutas impressionante. 

Sean não está no Top 15 do UFC, vos digo que é uma questão de muito pouco tempo. Sua ultima luta contra Thominhas foi um espetáculo, parecia estar em outra velocidade de luta, mais um atleta, além do Adesanya, a lembrar Anderson Silva. Foi um KO no 3R sem pressa, parecia que o controle da luta estava sob seu domínio o tempo todo. Como Roger Federer, O’Malley parede que não sua em suas lutas, não faz força.  

O’ Malley, eu cravo, será o próximo campeão dos galos do UFC. Não vejo nenhum outro lutador da categoria com mais recursos que ele. 

Conteúdo gratuito para aprender sobre apostas esportivas

Faça como os 3% dos apostadores lucrativos e comece a se especializar agora mesmo. Por isso, faça parte do meu grupo exclusivo para receber conteúdos de apostas esportivas profissionais.

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

News.
vip

Inscreva-se gratuitamente e receba conteúdo profissional e esclusivo por e-mail!