Casa do Apostador Carregando...
UFC: Miesha x Tate
seg 22 nov/21

UFC: Miesha x Tate


E aí, galera. Como vocês estão? A cabeça ferveu este final de semana. Um sentimento de opostos, do maior green do ano: 3.300, a maior sequência de reds: 17. Uma sequência de erros, não de avaliação. Faria novamente 80% deles.

Estava com 26 unidades e com esse green batido fecharia o mês com +12, o teto do grupo.

Time

A grande questão aí foi o time. Fiz 4 jogadas no grupo. O que deveria ser o suficiente. Pois, mesmo com um Green e 3 reds, o saldo não ficaria negativo.

Rani Ahya

No entanto, foi uma noite de superação, entre muitos atletas. Rani Ahya foi a nockdown duas vezes, porém, Hu Kang no afã de encerrar a luta, cedeu as quedas.

Aori Qleng

Aori Qleng dominava o segundo round, com Cody completamente MORTO, exaurido. Como que um milagre, Cody entrega toda sua energia na entrada de quedas, no início do round, também cedida por Aori Qleng, mais um red.

Natan Levy

Natan Levy, muito melhor, maior e mais forte que Rafa Garcia, resolveu lutar como amador. Assisti 3 lutas suas, onde dominou e finalizou seus oponentes com um grappling impecável, resolveu esquecer tudo no dia de ontem.

Miesha Tate

Não foi a Miesha da reestreia. Tinha feito e jogado a pick sem saber que Miesha contraiu covid e que a luta já foi adiada antes. Eu já peguei o vírus. Tratei em casa, os sintomas foram leves, mas… 7 meses para recuperar completamente. Então…

Por mais que Ketlen seja uma atleta maior, mais forte, técnica e, que veio com a estratégia certinha (abusar da envergadura e utilizar os contragolpes), Miesha não foi a mesma atleta, o leão que voa nas pernas de suas adversárias buscando as quedas e a finalização a todo custo. Ela sentiu o físico, certamente, sentiu.

Lição

O que, na verdade, tem mostrado muito importante nas apostas, além de todo conhecimento tático, estratégico e de conteúdo de luta, é a tomada se decisões no dia de uma noite ruim.

O que posso garantir é, tudo foi criteriosamente estudado. Tudo, exaustivamente. Então, todas as picks, não foram largadas ao Léo da Sorte. Não. Porém, o que tenho aprendido é que, numa noite ruim, o mais importante é estancar a sangria. Jogar com os números e seus resultados conquistados, para aí sim, executar a tomada de decisão.

Lei da compensação, a pior decisão de todas

Tentar compensar um resultado negativo com unidades A MAIS é o maior erro que um apostador pode cometer numa gestão de carreira.

É isso, meus amigos.

CONTEÚDO GRATUITO PARA AS APOSTAS ESPORTIVAS

Faça como os 3% dos apostadores lucrativos e comece a se especializar agora mesmo. Por isso, faça parte do meu grupo exclusivo para receber conteúdos de apostas esportivas profissionais.

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

News.
vip

Inscreva-se gratuitamente e receba conteúdo profissional e esclusivo por e-mail!