Casa do Apostador Carregando...
UFC 267
ter 02 nov/21

UFC 267


Esse UFC 267 foi movimentado, hein!? Vou direto ao ponto desta vez, teve muita luta entre craques e gostaria de deter um pouco mais em cima dos temas.

Bora, lá!

Amanda Ribas venceu Virna Jandiroba

Essa menina é braba, brabíssima! Amandinha é um dos talentos de sua categoria, atleta completa, seja na trocação (de excelentíssimo nível), seja no grappling: defesa, entrada de quedas, jiu-jitsu; não deixa dever nada a ninguém. Ribas enfrentou e venceu com sobras as duas maiores grapplers entre os pesos palha, Mackenzie Dern e Virna Jandiroba. Foi nocauteada (seu único ponto fraco é o queixo) para a (hoje) top 4 de sua divisão, Mariana Rodriguez. No meu modo de ver, Ribas é mais completa e numa possível revanche, esta seria a minha pick.

Virna

Virna é boa, braba, bate forte e possui um grappling de alto nível, mas, o seu gás e sua técnica de trocação estão muito a baixo de seu jogo de chão. Das duas uma, ou melhora sua entrada de quedas (mais fácil) ou ajusta melhor a trocação (não faria isso).

Grappling x MMA

Já escrevi sobre o tema. Existem atletas de grappling que quando fazem a transição para o MMA sofrem um pouco com a mudança de plano de força: isometria, resistência de força (troca de pegadas) = resistência anaeróbica x resistência anaeróbica = volume de golpes de ação prolongada. É, mal comparando, pedir um atleta recordista mundial de natação dos 50m virar competidor campeão de meia maratona. São esportes que mexem com valências muito diferentes.

Amanda top 5

Dito isso, mal posso esperar para ver a Amanda Ribas se defrontar com uma top 5 de sua categoria. Sabe uma luta que dá jogo pra mim?

Rose Namajunas.

Elizeu Capoeira venceu Benoit Saint-Denis

Foi um green onde meu coração saiu pela boca algumas vezes, fundamentalmente no 2R (over 2,5). Capoeira encaixou uma sequência de golpes no francês onde o juiz mostrou coragem (no meu modo de ver agiu com correção) em não terminar a luta, tendo em vista que Benoit conseguiu se sair melhor que o brasileiro no 3R.

Duelo de grapplers

Foi luta entre grapplers de alto nível, onde sabia que esta luta não se definiria no chão. Capoeira tem um bom nível de trocação, um chão de altíssimo nível, mas é atleta que não irá atravessar a barreira dos top 10 de sua categoria. É guerreiro, mas faltam predicados no seu jogo: se expõe muito a trocação, sua defesa de quedas não é tão eficiente e sua melhor arma, o jiu-jitsu, nem sempre é utilizada em suas lutas.

“Receita de bolo”

Atleta que quer ser dominante em qualquer categoria de peso tem de saber atrair seu oponente naquilo em que performa melhor, todos os tops em todas as categorias agem da mesma forma. Trocador, trocação. Grappler, chão. “Ah! Ele também é ótimo de bjj”. Sim, mas onde você leva vantagem? Cai por cima e resolve o problema. Khabib 90% de suas lutas foram resolvidas no grappling, Anderson no seu auge, na trocação, e tantos e tantos outros em suas respectivas áreas de dominância.

Lerone Murphy x Makwan Amirkhani

Esse foi o típico gol de bicicleta, não veremos outro como esse, dificilmente. Por mais que tivesse sido treinado, a joelhada de encontro de Murphy em Amirkhani foi um momento de rara habilidade e sorte.

Murphy é duro, mas muito unidimensional, não o vejo indo muito longe, pegando cinto… no máximo top 15.

Magomed Ankalaev x Volkan Oezdemi

Essa luta me decepcionou. Esperava mais de Ankalaev. Ele fez o que era necessário para vencer. Volkan é duro? Muito. Mas sua trocação tem muitas brechas. O russo parecia sem vontade de mostrar serviço para a organização: preguiçoso.

Será um top 5 que dará muito trabalho a todos na sua categoria. Será campeão? A depender do casamento de lutas, sim,; mas entre os meio pesados tem muito craque. Pode beliscar, mas será difícil.

Khamzat Chimaev venceu Li Jingliang

Já escrevi sobre ele há quase um ano. Para mim, Khamzat é o campeão sem cinto. Será o único entre os meio médios a tirar (com certa facilidade) o cinturão de kamaru, campeão indiscutível de sua categoria.

Chimaev está em outro patamar. Esse checheno com cara de doido fará seu reinado, longo reinado, no 77kg.

Vou mais longe. Pode causar estrago também no 84kg.

Não tenho a menor dúvida disso!

Islam Makhachev x Dan Hooker

Craque. Eu realmente achava que Hooker daria algum trabalho para Makhachev. Ledo engano. Islam voou como um gato em Hooker e aplicou uma finalização bastante difícil de ser aplicada no MMA, a Kimura.

O pior é que pareceu fácil.

Cheiro de cinto!

Petr Yan x Cory Sandhagen 

Duelo de craques! Cory sentiu o peso de lutar 5 rounds em menos de 3 semanas. Petr Yan mostrou que tem pedigree de campeão. Tomou um baita atraso na trocação nos 2 primeiros rounds e foi para cima buscar o resultado no 3R. O cara é brabo, completo. Bom em tudo: trocação, grappling, queixo duro, gás.

Vai ser campeão e dificilmente, pelo menos a médio prazo, alguém será capaz de tomar a sua coroa.

Glover Teixeira x Jan Blachowicz 

Putz! Esse foi red. Realmente pensava que esta luta poderia passar dos 3 rounds (over 2.5). Mas é aquilo, a gente nunca sabe dos bastidores do camp e da orientação dos treinadores. Além disso, não estamos na cabeça dos atletas.

Glover estava com sangue nos olhos, estava muuuito forte, provavelmente fez o melhor camp de sua vida e Jan sentiu o peso do cinto. Não sei se acomodou e menosprezou o poder de definição do Glover.

Jan Blachowicz: Miocic?

Lembrou muito Miocic contra Ngannou, mostrou a mesma displicência. Muito amistoso para uma luta que definiria um reinado. Como muito bem comentou o Verdum, o clima de camaradagem não pode “adoçar” o sangue.

Adoçou. Jan caiu com muita facilidade as investidas de Glover e sentiu a pressão. Quis medir força no 2R, indo para a trocação franca e levou uma bomba que o fez balançar, entrar em quedas e ser finalizado com certa facilidade.

Numa luta de 3 rounds, ok. Numa maratona de 5R, esta “afobação”, é inadmissível. Parabéns para o Glover. Cinto para o Brasil.

APRENDER GRATUITAMENTE SOBRE APOSTAS ESPORTIVAS

Aproveite o material gratuito do meu blog e canal do Youtube para estudar mais. Separei ótimos temas para você começar.

Faça como os 3% dos apostadores lucrativos e comece a se especializar agora mesmo. Por isso, faça parte do meu grupo exclusivo para receber conteúdos de apostas esportivas profissionais.

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

News.
vip

Inscreva-se gratuitamente e receba conteúdo profissional e esclusivo por e-mail!