Casa do Apostador Carregando...
Palmeiras é o único clube da Série A sem acordo de patrocínio com casas de apostas
qui 03 mar/22

Palmeiras é o único clube da Série A sem acordo de patrocínio com casas de apostas


O Cuiabá anunciou na última semana um acordo de patrocínio com a empresa de apostas Luck Sports, aumentando assim o número de equipes que fazem parte da Série A do Campeonato Brasileiro que possuem patrocínios associados ao setor de jogos. Com esse novo acordo, o número de equipes patrocinadas por casas de apostas na primeira divisão chegou a 19, sendo o Palmeiras a única equipe que ainda não tem nenhum acordo desse tipo entre os times da elite do futebol brasileiro.

O time paulista acabou não renovando o acordo de patrocínio com a casa de apostas Dafabet para esse ano e, por causa disso, evitou que tivéssemos 100% das equipes que fazem parte da principal divisão nacional do Brasil sendo patrocinadas por casas de apostas. Recém incluído nessa lista, o Cuiabá declarou o que espera dessa nova parceria, agora com o setor de jogos.

Em declaração ao UOL, o vice-presidente do Cuiabá, Cristiano Dresch, falou a respeito do novo acordo firmado: “Os acordos com empresas deste segmento cresceram muito no mundo do futebol. Nossa tradição é sempre priorizar empresas do Mato Grosso, e a Luck Sports é uma casa de apostas cuiabana. Estamos há muitos anos com os mesmos patrocinadores, não tenho dúvidas de que será mais uma parceria de sucesso”, declarou Cristiano.

Espaço principal das camisas

Além da presença como patrocinadores de clubes, as casas de apostas estão conseguindo não apenas estar na camisa das principais equipes do futebol brasileiro, como também ocuparem espaços de muito destaque no uniforme dos times. A quantidade de empresas ocupando o espaço de patrocínio máster aumentou de forma significativa nos últimos meses.

Por exemplo, entre os 19 clubes que possuem algum tipo de patrocinador do setor de apostas, 7 estão com esse parceiro no espaço máster da camisa: Atlético-MG (Betano), Atlético-GO (Amuleto Bet), América-MG (Pixbet), Avaí (Pixbet), Botafogo (Estrelabet), Fluminense (Betano) e São Paulo (Sportsbet.io). As outras equipes possuem marcas do setor de jogos expostas em outros lugares do uniforme, como omoplata, mangas e shorts.

Confira a lista completa de clubes da Série A e suas casas de apostas parceiras:

América-MG (Pixbet)

Athletico (Betmotion)

Atlético-GO (Amuleto Bet)

Atlético-MG (Betano)

Avaí (Pixbet)

Botafogo (Estrelabet)

Bragantino (BetPix365)

Ceará (Betsul)

Corinthians (Galera.bet)

Coritiba (Dafabet)

Cuiabá (Luck Sports)

Flamengo (Pixbet)

Fluminense (Betano)

Fortaleza (Betsul)

Goiás (Pixbet)

Juventude (Marsbet)

Internacional (Betsul)

Santos (Dafabet)

São Paulo (Sportsbet.io)

 

Opinião de especialistas e dirigentes

Em entrevista ao UOL, o especialista em inovação e novos negócios na indústria do esporte, Bruno Maia, revelou que as empresas do setor de jogos tem um público-alvo definido e que buscam atrair clientes que estão incluídos naquilo que considerou uma “nova geração”, que seriam pessoas que, na visão dele, se relacionam com o futebol como uma forma de entretenimento.

“O entretenimento está inserido em todas as áreas, e no esporte não seria diferente. Existe uma geração que se relaciona com o futebol por meio de games e que lida intensamente com o consumo de dados. Os patrocínios de sites de apostas cresceram de forma significativa durante a pandemia, e é uma realidade sem volta”, afirmou Maia ao UOL.

Apoiadores desse movimento crescente de patrocínios de casas de apostas, os dirigentes brasileiros estão felizes com a forte presença da indústria dos jogos no país. Em declaração ao UOL, o presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, afirmou que essas parcerias com novas patrocinadoras vão além da exposição tradicional e precisam causar impacto na torcida:

Esse tipo de patrocínio é importante para os cofres do clube, mas é preciso explorar as plataformas digitais. Interagir e engajar junto aos torcedores é fundamental nesse modelo de negócio“, afirmou Paz.       Quem concorda com ele é o vice-presidente de marketing do Internacional, Jorge Avancini. “São parcerias com via de mão dupla. Além das ativações com a torcida, os clubes também recebem um percentual dessas apostas. É um mercado que trouxe muitas novidades ao futebol brasileiro e gerou oportunidades.”, concluiu Avancini.

Modelo europeu

 O impacto da indústria dos jogos no Brasil é muito claro e dificilmente poderá ser contido nos próximos anos, principalmente agora com o andamento dos processos de regulamentação do setor no Congresso Nacional. A tendência é que as movimentações da indústria aqui no país sigam crescendo e, muito em breve, as casas de apostas não vão mais se contentar apenas em estar presentes nos clubes de futebol.

Vejo o processo que acontece no Brasil muito semelhante ao que temos na Europa, onde a cultura das apostas esportivas é mais antiga e está enraizada socialmente na população. Nos países europeus, praticamente quase todos os clubes têm algum tipo de patrocínio ligado a empresas de jogos e por aqui as coisas começam a seguir na mesma toada. É como se o Brasil estivesse seguindo um “modelo europeu”.

Uma pesquisa recente feita pelo site ResearchAndMarkets.com, envolvendo esse tema, mostrou que as casas de apostas estão presentes em mais de 20% das camisas dos clubes das principais ligas europeias, algo que demonstra a força da indústria e o crescente crescimento desse modelo de patrocínio. Como alertei, esses números no Brasil ainda estão muito associados ao futebol, mas acredito eu que outros esportes também vão começar a surfar essa onda.

 

QUAIS MÉTODOS UM APOSTADOR PRECISA ESTUDAR? 

Esse é um assunto que eu falo muito com meus seguidores, afinal é a base para o investimento esportivo. Por isso, eu separei aqui abaixo alguns conteúdos para você começar a estudar sobre métodos para as apostas esportivas. 

Faça como os 3% dos apostadores lucrativos e comece a se especializar agora mesmo. Por isso, faça parte do meu grupo exclusivo para receber conteúdos de apostas esportivas profissionais. 

 Escrito por Sérgio Ricardo Jr.

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

News.
vip

Inscreva-se gratuitamente e receba conteúdo profissional e esclusivo por e-mail!