Casa do Apostador Carregando...
O que esperar da Seleção Brasileira na Copa de 2022?
sáb 18 jun/22

O que esperar da Seleção Brasileira na Copa de 2022?


O ano de 2022 veio para ser diferente, surgiu como uma esperança para todos. O cenário de pandemia e medo por todos os lados, vem se normalizando cada vez mais e no mundo do futebol não está sendo diferente, já que é ano de Copa do Mundo e neste ano será uma Copa totalmente diferente, sendo a primeira vez em uma região árabe, onde 70% da população é de religião  islâmica.
O Qatar é atualmente o país mais rico do mundo e foi escolhido para ser sede de um dos maiores espetáculos esportivos e a novidade não para por aí, pois desta vez os jogos serão no fim de novembro, bem diferente do que estamos acostumados, o motivo dessa mudança é o clima do Qatar que apresenta temperaturas extremamente quentes no meio do ano.
Sendo assim, teremos que esperar um pouco mais para ver a Copa do Mundo, mas enquanto isso, seguimos ansiosos e esperançosos, pois as fases de grupo já foram sorteadas e o Brasil é cabeça da chave no grupo G, que é composto pela Servia, Suíça e Camarão.

Grupo G da Copa do Mundo

Este grupo vem dividindo muitas opiniões pois, para muitos será uma fase fácil de se passar, mas para outros vai ser bem difícil.
Analisando os dados dos últimos jogos, para o Brasil chegar na tão sonhada final, ele terá que jogar muito futebol, a começar pela fase de grupos, já que as duas seleções europeias estiveram no mesmo grupo que o Brasil na Copa de 2018 e o time de Tite empatou com a Suíça e venceu a Sérvia naquele ano. Vale ressaltar que as partidas não foram fáceis e dificilmente dessa vez será diferente, isso porque ambas as equipes, melhoraram bastante o seu futebol. Um exemplo é na Eurocopa de 2020, na qual a Suíça eliminou o atual campeão do mundo, a França, nas oitavas de final. O jogo foi decidido nas cobranças de pênaltis.
Já a Sérvia deu trabalho para o Portugal nas eliminatórias, vencendo por 2 a 1 e isso foi decisivo para a seleção encarar a repescagem e se classificar.

Um dos destaques da seleção da Sérvia é o jovem atacante e artilheiro, Vlahovic, da Juventus, que vem sendo o destaque do time e que pode fazer diferença em algumas partidas, contudo o Brasil não terá medo de enfrentá-los, pois são velhos conhecidos e se classificar em primeiro do grupo é a meta.

Possibilidades na Copa

Classificado em primeiro lugar, o Brasil cairia no grupo do lado esquerdo da tabela, que seria um lado mais tranquilo, seguindo os históricos apresentados pelas seleções.
Nas oitavas, o Brasil tem chance de jogar contra o Uruguai e o Portugal, que são os mais fortes do grupo H, levando em consideração os últimos confrontos.  A Seleção Brasileira vem de grandes vitórias em cima do Uruguai, a última por exemplo foi de 4 a 1 e sobre a Seleção do Portugal, apesar de apresentar o melhor futebol deles, se classificou na repescagem para a Copa, não demostrando muita força.
Caso o Brasil siga para as quartas de finais, ele tem chance de jogar contra a Espanha ou Alemanha e até mesmo contra a Bélgica, porém apesar de serem tradicionais seleções a Espanha e Alemanha vem apresentando um futebol médio, sem grande apresentações, já a Bélgica recaiu bem desde a última Copa.
Muitos dos principais jogadores que atuaram pela Copa de 2018 vem fazendo campanhas abaixo do nível que se apresentaram, Hazard e Lukaku por exemplo, viraram figurante no Real Madrid e no Chelsea. Para as semifinais teríamos uma possibilidade de pegar a Holanda ou a Argentina que após a conquista da Copa América em cima do Brasil, mostram que vem forte, mas isso só fortalece a Seleção Brasileira fazendo que joguem ainda com mais raça.
E para Final temos uma possível disputa entre Brasil e França, que não seria novidade, já que em 1998 as duas seleções se enfrentaram.
Sabemos que a França é a atual campeã do mundo, porém não fez uma boa Eurocopa, apesar que traz jogadores que vem se destacando, como é o caso de Karim Bezema, que fez uma excelente temporada no Real Madrid e Mbappé pelo PSG, que podem ser decisivos.

Brasil na Copa
Já a Seleção Brasileira que antes, aparentemente, tinha só o Neymar, agora não depende tanto mais dele, pois temos um elenco mais completo: 2 dos melhores goleiros do mundo, 2 dos maiores zagueiros do mundo, 2 excelentes volantes e vários outros jogadores do meio para frente que dispensam comentários, assim como o banco de reserva. Além disso, temos o Vinicius Junior que vem como promessa e sem dúvida, é o melhor jogador brasileiro da atualidade, sendo o mais decisivo líder de assistências e autor do gol do título da Liga dos Campeões pelo Real Madrid
O Brasil vem forte: se classificou em primeiro nas eliminatórias da Copa, marcou 40 gols e não perdeu nenhum jogo, foram 14 vitórias, três empates, além de ter se classificado com antecedência.
Se nas últimas Copas você se decepcionou com a Seleção Brasileira, se prepare, pois nesta Copa o Brasil tem tudo pra história e ser diferente, não é à toa que somos o primeiro do ranking da FIFA.
O nosso querido técnico Tite já disse que essa será a sua última Copa e o seu  último ano como treinador da Seleção, então nada melhor do que encerrar com a taça da Copa do Mundo e enfim comemorar o hexa.

Escrito por Paulina Costa

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

News.
vip

Inscreva-se gratuitamente e receba conteúdo profissional e esclusivo por e-mail!